Skip navigation

Tag Archives: Marguerite Yourcenar

 

 

 

BUONAROTTI – SISTINA

 

 

sistina

 

 

       Talvez fosse destituído de alma. Talvez não passassem os seus súbitos ardores do transbordar de uma incrível força corporal, talvez que, magnífico actor, andasse incessantemente em busca de uma nova maneira de sentir; ou talvez fosse, antes, uma sucessão de atitudes violentas e soberbas, porém arbitrárias, como as que assumem as figuras de Buonarotti nas abóbadas da Sistina.

 

Marguerite Yourcenar, em A Obra ao Negro. Tradução de António Ramos Rosa, Luísa Neto Jorge e Manuel João Gomes. Público

 

 

Anúncios

 

 

A tradição popular não se enganou ao ver sempre no amor uma forma de iniciação, um dos pontos em que o secreto e o sagrado se encontram.

 

Marguerite Yourcenar, em Memórias de Adriano. Tradução de Maria Lamas. Ulisseia