Skip navigation

Monthly Archives: Dezembro 2008

83  Há os livros que antes de lidos já estão lidos. Há os que se lêem todos e ficam logo lidos todos. E há os que nos regateiam a leitura e a que pedimos humildemente que se deixem ler todos e não deixam e vão largando uma parte de si pelas gerações e jamais se deixam ler de uma vez para sempre.

 

Vergílio Ferreira, em escrever, Edição de Helder Godinho, Bertrand Editora

 

 

baloiçArte


baloicarte

»»» treinar, sempre se pode, e deve, a qualquer hora – indo até aqui: PSM.

»»» para a cadência certa do voo mais alto Carcavelos é o local. em 14 de Fevereiro.

»»» este desenho, de Carlos Peres Feio, está em BB-BB.

.

 

Ele estava só. Estava abandonado, feliz, perto do selvagem coração da vida.

James Joyce, Retrato do artista quando jovem

 


flutuar-cpfeio-em-psm

 

 

[…] e essa coragem é indispensável ao artista que deve ver todas as coisas como se as visse pela primeira vez: há que ver toda a vida como quando se era criança; e a perda dessa possibilidade impede-vos de vos exprimir de maneira original, isto é, pessoal.

Henri Matisse, em Escritos e Reflexões sobre Arte, Editora Ulisseia

.

RECEITA PARA UM NATAL

 

aldeiapresépio na aldeia


Primeiro, ficar parado
durante um momento, de pé
ou sentado, numa sala ou mesmo
noutra dependência do lar.
Depois preparar
os olhos, as mãos, a memória
e outros utensílios indispensáveis. A seguir
começar a reunir
coisas, por ordem bem do interior
do coração e do pensamento:
a ternura dos avós, uma mancheia;
rostos de primos distantes, uma pitada;
sons de sinos ao longe, quanto baste;
a recordação duma rua, uns bocadinhos
um velho livro de quadradinhos
duas angústias mais tardias, alguns restos de azevias,
a lembrança de vizinhos ainda vivos mas ausentes
e de uns já passados.
Quatro beijos de seres amados ou de parentes
um cachecol de boa lã cinzenta aos quadrados
e um pouco de azeite puro e fresco
igual ao que a mãe usava noutro tempo saudoso.
Mexe-se bem, leva-se ao forno
e fica pronto e saboroso
– mesmo que, nostálgica, se solte uma pequena lágrima.


Nicolau Saião


 »»»» BOAS FESTAS – Natal em Cristo – são os votos de toda a família.

»»»» Especial abraço natalício para o meu Tenente – o Amigo de tempos únicos, e para sempre, Carlos Peres Feio

.

 

flor-custom

 

– Amar uma flor de que só há um exemplar em milhões e milhões de estrelas basta para uma pessoa se sentir feliz quando olha para o céu. Porque pensa: “Ali está ela, algures lá no alto…”

Antoine de Saint-Exupéry, em O Principezinho, Editorial Aster

 

 

1986-versos-de-cperesfeio-cnp-2008-custom

 

»»» em BB-BB.

.

.

.

240  Afirma com energia o disparate que quiseres, e acabarás por encontrar quem acredite em ti.

 

Vergílio Ferreira, em escrever,  edição de Helder Godinho, Bertrand Editora