Skip navigation

Monthly Archives: Janeiro 2008

lamego-2006.jpg
Santuário de Nª Srª dos Remédios 
Lamego – 2006
.

ESPANTO

espanto
é conhecer
que um dia
haverá um momento
único
na terra:
o último que se lembrava
de nós
morreu

momento a que chamamos
o nosso encontro
com o cosmos

Carlos Peres Feio – in PSM

Interrompemos, por um período indeterminado, mas que desejamos seja breve, a nossa familiar brincadeira, que, partindo de uma ideia do Pai, nos tem trazido gratos momentos a todas nós.
Até breve, um abraço para os Amigos que tiveram a gentileza de nos acompanhar,
família9horas
.

DOURO D’OURO 

 

douro-psm.jpg

.

 tem preço esta visão?

[…]

que este meio

do mundo

se mantenha

assim.

“DOURO D’OURO”

 o poema integral, de onde retirámos estes versos, em

  • PSM Carlos Peres Feio

.

 

Cortesia – e Amizade – do Autor,

Carlos Peres Feio 

 

 

 

poema-e-pintura-de-carlos-peres-feio.jpg

.

Há pouco tempo, no seu blog BIRD, em resposta a comentário, Carlos Peres Feio escrevia: Cabo, a vida é feita de tecidos. Também assim o pensamos e também consideramos ser a Amizade o fio capital da trama, por isso, aqui, ao nosso modesto jeito – com a Arte, que não temos, com os conhecimentos, que são rudimentares – hoje, humildemente orgulhosos, lhe agradecemos todas as Suas atenções e ensinamentos.

 Bem haja, nosso Tenente.

“Romanov” – a não perder em:

  • http://birdbird-birdbird.blogspot.com   

  

 

 

O público está saturado de poético e carente de poesia; o público continua a desconfiar que o que mais vale num livro de versos ainda são os grandes espaços em branco que rodeiam os textos (mas, para apontamentos, sai-lhe mais barato comprar sebentas…); o público teme – e faz bem! – que o ludibriem com o pouco preto que está sobre esse branco e prefere dedicar o seu dinheiro à compra de comida, de roupa, de romances… Mas o público não sabe – e faz mal! – que a poesia não suporta o desleixo nem a coscuvilhice.

[…]

e, salvo melhor opinião, é urgente reabilitar, entre outras, a noção de que um verso tem de ser belo. Belo não significa soante, estentório, lapidado; significa, sim, original e exacto […]

 

Alexandre O’Neill, in O Comércio do Porto, 10 de Fevereiro de 1959

 

 

 

POEMA 

 

fotodee.jpg

 

chega de cantar locais de encanto
não mais recordar
pontos altos vistas largas
se para os sentimentos só trago lastro
de dias felizes
nocivos para o próximo naufrágio

dos sítios encastrados
em tardes de doçura
renego as gravuras
feitas marcas de fogo
na pele curtida
do passado já desfocado
exorcizo e evito
toda a recordação

salvo a do ar fresco
no monte dos moinhos.

Carlos Peres Feio – in PSM

 

Foto (pormenor) e poema de Carlos Peres Feio em PSM.

 

 

caldas.jpg

0227.jpg

cperesfeio.jpg

 

.

ca.jpg